Fisioterapia uroginecológica pode ser feita também por homens

A incontinência urinária não é um problema apenas feminino.

Os homens, com o passar da idade e outras doenças associadas, como inchaço da próstata, cancro da próstata ou condições neurológicas, como o Alzheimer e Parkinson também sofrem com a perda de xixi.

Para lidar com o problema, a fisioterapia uroginecológica trabalha para reforçando o pavimento pélvico e utilizando técnicas como o biofeedback ou a electro-estimulação para melhorar os músculos da região.

Deixe uma Mensagem