Tratamento conservador pode evitar cirurgia de hérnia de disco

A hérnia de disco é uma lesão que afeta a coluna vertebral. Mas a dor não se limita apenas a coluna, muitas vezes afeta também a coxa, perna e pé com sensação de dormência e formigamento.

A maioria dos pacientes com o problema relata melhora após três meses de desconforto, porém alguns precisam de um acompanhamento mais específico e são encaminhados até a cirurgia.

Para evitar esse tipo de complicação deve-se procurar por um aconselhamento médico e fisioterápico logo no início da dor, já que a inflamação é sinônimo de músculos mais fracos e atrofiados na região.

Apesar de o tratamento com remédios trazer resultados no alívio do desconforto é só a fisioterapia que vai fortalecer e devolver a funcionalidade da coluna vertebral, prevenindo assim novas crises.

Estão na lista de técnicas utilizadas para melhorar o problema a eletroterapia, em que se recorre ao uso de correntes elétricas de calor que diminuem a dor e a hidroterapia que propõe que a água evite a compressão dos discos.

Mas há outros meios de aliviar o desconforto. São eles o pilates, que aumenta a força muscular e a flexibilidade e o RPG que corrige o desalinhamento postural.

Não existe cura para a hérnia de disco, mas sim acompanhamento que aumentam a qualidade de vida.

Ative Fisioterapia Especializada

Agenda uma consulta ou aula experimental pelo telefone (11) 3331 7669

Deixe uma Mensagem